Alerta Direito Médico

Conselho Federal de Medicina libera a telemedicina

Devido à pandemia do novo coronavírus, o CFM – Conselho Federal de Medicina encaminhou o ofício nº 1.756/20 ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta permitindo, em caráter excepcional e enquanto durar o combate ao contágio da COVID-19, que os médicos possa utilizar a telemedicina.

Dessa forma, o documento do CFM autoriza a teleorientação, para que os profissionais da medicina realizem à distancia, orientações e encaminhamento de pacientes em isolamento.

Também autoriza o telemonitoramento que é o ato realizado sob orientação e supervisão médica para monitoramento ou vigilância à distância de parâmetros de saúde e/ou doença.

Autoriza ainda, a teleinterconsulta, exclusivamente para troca de informações e opiniões entre médicos, para auxílio diagnóstico ou terapêutico. 

Os especialistas de Trigueiro Fontes Advogados estão à disposição para prestar maiores esclarecimentos, principalmente com relação à responsabilidade médica na modalidade da telemedicina.



Luiz Ricardo Giffoni

luiz.giffoni@trigueirofontes.com.br

 

Ana Carolina Ferreira de Melo Brito

anacarolina.brito@trigueirofontes.com.br


Fábio Henrique Catão de Oliveira

fabio.catao@trigueirofontes.com.br


Gilberto Canhadas Filho

gilberto.filho@trigueirofontes.com.br


Em conformidade com a LGPD, utilizamos apenas cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você fica ciente e concorda com o seus termos. Trigueiro Fontes Advogados se reserva o direito de atualizar esta Política de Privacidade sem qualquer aviso prévio. Clique Aqui para Saber Mais